Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flybe espera novo motor em jatos regionais da Embraer

Por Cesar Bianconi

SÃO PAULO (Reuters) – A Flybe tem uma grande expectativa de que a Embraer decida equipar os jatos regionais que fabrica com um novo motor, disse o vice-presidente operacional da companhia aérea britânica, Andrew Strong.

“A Flybe tem um grande relacionamento com a Embraer… Estamos sempre compartilhando nossas ideias com a Embraer como parte dessa parceria e olhando à frente para novas tecnologias no mercado de aviação regional para além de 2016. Nós temos a forte expectativa de que um novo motor faça parte disso”, afirmou Strong em resposta por e-mail a perguntas da Reuters.

Em julho do ano passado, a Flybe anunciou encomenda firme por 35 jatos Embraer 175, de 88 passageiros, em um negócio de 1,3 bilhão de dólares a preços de tabela. A empresa aérea, que lançou o Embraer 195 –maior avião produzido no Brasil– também fechou direitos de compra para 105 aeronaves, que se confirmadas elevarão o acordo a 5 bilhões de dólares.

A morosidade da Embraer em definir o próximo passo na aviação comercial –sua principal fonte de receita– tem deixado inquietos alguns analistas.

A fabricante brasileira vinha afirmando que aguardaria um posicionamento da norte-americana Boeing para definir seu rumo nesse segmento.

Na semana passada, a Boeing anunciou que irá remotorizar o seu campeão de vendas 737, prometendo economia de combustível de até 15 por cento. Antes da empresa norte-americana, a europeia Airbus revelou o A320neo, baseado no A320 e com novo motor mais eficiente.

A Embraer é líder global na fabricação de jatos de 70 a 122 passageiros e tem visto competição crescente com novos rivais da China, Rússia e Japão.