Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fiat deve elevar fatia na Chrysler a 61,9%, dizem fontes

Por Renato Martins

Detroit – Duas fontes citadas pela Dow Jones disseram que a italiana Fiat deverá aumentar sua participação na Chrysler de 58,5% para 61,9% na próxima semana, com a compra das ações pertencentes ao fundo de assistência à saúde do sindicato United Auto Workers (UAW). Segundo essas fontes, a Fiat está preparada para exercer a opção de compra de 3,3% das ações da Chrysler do fundo sindical, conhecido como Veba (sigla para Associação Voluntária Beneficente dos Funcionários).

As fontes disseram que o preço poderá ficar entre US$ 250 milhões e US$ 300 milhões. A transação reduziria a participação do fundo na Chrysler de 41,5% para 38,2%. A Fiat pode exercer sua opção de compra a partir de 1º de julho. Um porta-voz da Chrysler preferiu não responder quando a empresa italiana exerceria sua opção.

Erickson Perkins, diretor do Departamento de Pesquisa Estratégica do sindicato UAW, recusou-se a dar declarações; Perkins foi nomeado para um posto no Conselho da Chrysler há duas semanas, no lugar do ex-governador de Michigan James Blanchard.

A associação beneficente Veba foi formada em 2007, para transferir da Chrysler para o sindicato dos metalúrgicos a responsabilidade pelos serviços de saúde dos funcionários da montadora – que pediria concordata dois anos depois. As informações são da Dow Jones.