Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Faturamento dos shoppings cresce 6,5% em 2015

Receita total dos empreendimentos foi de 151,5 bilhões de reais no último ano; para 2016, expectativa é de abertura de 30 novas unidades

As vendas do setor de shopping centers atingiram 151,5 bilhões de reais no ano passado, um crescimento de 6,5% em relação a 2014, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

“Assim como diversos setores, tivemos um 2015 muito desafiador, com um cenário de incertezas na esfera econômica. Ainda assim, nossa indústria comemorou a chegada de dezoito novos empreendimentos e apresentou desempenho acima do varejo em geral”, afirmou o presidente da entidade, Glauco Humai. A previsão inicial era de abertura de 26 novos shoppings em 2015. O total desses centros comercias no Brasil chegou a 538, em 196 cidades pelo território nacional.

Segundo levantamento da Abrasce, 67% das inaugurações em 2015 ocorreram fora das capitais. Ao fim do ano passado, 48% dos shoppings estavam localizados em capitais brasileiras e 52% em outras cidades. Além disso, 41% do total dos centros de compras estão concentrados em cidades com menos de 500.000 habitantes, o que, de acordo com a Abrasce, aponta para uma tendência cada vez maior de interiorização desses empreendimentos. A área bruta locável (ABL) atingiu 14,68 milhões de metros quadrados, 6% a mais do que no ano anterior.

Para este ano, a expectativa é elevação de 6,5% no faturamento e abertura de 30 novos shoppings, sendo 23 deles em cidades que não são capitais. A previsão é de que os investimentos em novos shoppings e expansões somem 15 bilhões de reais neste ano.

“Para 2016, muitos lançamentos estão previstos em municípios menores e, segundo esta tendência, ainda há espaço para expansão de shoppings no país”, disse o presidente da Abrasce.

Leia também:

Ford reverte prejuízo e lucra US$ 1,9 bi no quarto trimestre

Ritmo da economia em 2016 é menor que o previsto, diz BC

(Com Estadão Conteúdo)