Ex-presidente do BNDES volta ao Brasil e vai prestar depoimento

Luciano Coutinho foi procurado pela Polícia Federal na sexta para prestar depoimento coercitivamente em investigação sobre favorecimento do banco à JBS

O ex-presidente do BNDES, Luciano Coutinho, retornou ao Brasil nesta quarta-feira e vai prestar depoimento na próxima semana no âmbito da Operação Bullish. As informações são da GloboNews. A investigação da Polícia Federal, deflagrada na última sexta-feira, apura se houve fraude em aportes do banco à JBS.

Os policiais foram à casa de Coutinho, que deveria ser levado a uma delegacia coercitivamente para prestar depoimento, mas ele estava no exterior, em viagem profissional agendada anteriormente, segundo assessoria. O depoimento do ex-presidente do BNDES foi remarcado para a próxima segunda-feira (22).

No total, foram expedidos pela Justiça 37 mandados de condução coercitiva e 20 mandados de busca e apreensão nos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, além de medidas de indisponibilidade de bens de pessoas físicas e jurídicas que participam direta ou indiretamente da composição acionária do grupo empresarial investigado.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roberto Negromonte Santos Negromonte

    Quero ver agora esse autentico Rolando o Léro meter conversa mole. Estava no exterior? Sei… tinha parentes/amigos na companhia? Atenção PF! pode ter transferido coisas…esse compactuou com muita safadeza…

    Curtir

  2. Fábio Luís Inaimo

    Amigo, é bom ir tratando da sua delação !

    Curtir