Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eurozona: vendas no varejo têm maior queda em quase 4 anos

Em dezembro, vendas caíram 1,6% ante novembro, maior recuo desde maio de 2011. No ano, o setor vendeu 1% menos do que em 2012

As vendas no varejo da zona do euro caíram 1,6% em dezembro ante novembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Eurostat, a agência oficial de estatísticas da União Europeia. Analistas previam queda significativamente menor nas vendas, de 0,5%. Este é o maior recuo mensal registrado desde maio de 2011. Com esse resultado, 2013 fechou com queda de 1% nas vendas no setor varejista em comparação ao ano anterior. O número anual também veio pior do que as estimativas: analistas esperavam 1,5% de expansão.

Os dados de novembro foram revisados, mostrando alta de 0,9% na comparação mensal e avanço de 1,3% no confronto anual.

Leia mais:

Indústria da eurozona começa 2014 em ritmo de recuperação

Inflação da zona do euro desacelera para 0,7%

A temporada de compras de Natal foi uma decepção em dezembro e a demanda no varejo caiu com força apesar das expectativas de alta, ampliando o risco de uma deflação no bloco monetário. Relutantes em gastar em um momento de desemprego alto – quase recorde -, os consumidores podem levar as lojas a reduzir os preços.

Em janeiro, o índice de preços da zona do euro desacelerou inesperadamente para 0,7%, bem abaixo da meta do Banco Central Europeu (BCE), de pouco abaixo de 2%.

(com Estadão Conteúdo)