Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Euro registra alta após melhora nas bolsas

Por Danielle Chaves

Londres – Os mercados de câmbio se afastaram de quedas mais acentuadas depois das fortes quedas durante o pregão na Ásia, quando o euro e o dólar australiano despencaram diante de moedas mais fortes como o iene e o dólar norte-americano.

O declínio veio em reação a indicadores fracos sobre a economia dos Estados Unidos, ao rebaixamento dos ratings de 16 bancos espanhóis pela Moody’s e ao rebaixamento do rating da Grécia pela Fitch na quinta-feira. O euro atingiu a mínima em quatro meses de US$ 1,2642, ampliando as perdas acumuladas na semana para 4,5%, mas em seguida se estabilizou em torno de US$ 1,2700.

O mesmo ocorreu com o euro em relação ao iene, depois de a moeda europeia cair para o menor nível em mais de 14 meses e o ministro de Finanças do Japão, Jun Azumi, sugerir uma possível intervenção no mercado para conter a volatilidade dos negócios. O dólar australiano se recuperou após recuar para o menor nível diante do dólar dos EUA em quase seis meses.

Mas um certo clima de alívio tomou conta dos mercados na Europa depois da notícia de que bancos da Espanha teriam pedido que o órgão regulador do mercado do país proíba as vendas a descoberto de ações do setor, para evitar uma ampliação das perdas recentes. As bolsas passaram a subir e o euro voltou a operar acima de US$ 1,27.

“O mercado está prevendo mais estímulo do Banco Central Europeu em algum momento adiante, mas ainda é incerto como isso seria feito. Agora estamos em um jogo de esperar para ver o que acontece”, afirmou Kevin Pearce, corretor da ICAP. De todo modo, o tom geral ainda é de cautela e volatilidade, já que ainda há expectativas de que a Grécia saia da zona do euro.

As moedas de mercados emergentes operam estáveis, com o dólar recuando da máxima em cinco meses diante do won da Coreia do Sul, em meio a suspeitas de que o banco central do país vendeu dólares para sustentar a moeda.

Às 8h34 (pelo horário de Brasília), o euro subia para US$ 1,2708, de US$ 1,2697 no fim da tarde de quinta-feira, e para 100,89 ienes, de 100,66 ienes. O dólar avançava para 79,37 ienes, de 79,26 ienes na qunta-feira, e tinha leve queda para 0,9452 franco suíço, de 0,9459 franco. A libra subia para US$ 1,5811, de US$ 1,5792. O índice do dólar recuava para 81,392, de 81,474 ontem. As informações são da Dow Jones.