Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Euro cai em meio a baixo volume de negócios

Por Danielle Chaves

Londres – O euro é negociado em queda, embora o volume extremamente baixo de negócios esteja protegendo a moeda de uma liquidação generalizada durante a última sessão de 2011. Os investidores estão relutantes em acrescentar apostas negativas para o euro, mas a moeda está sendo negociada perto das mínimas deste ano diante do dólar e do franco.

Diante do iene, o euro atingiu o menor nível desde 2001, abaixo de 100 ienes, o que se refletiu na cotação do dólar diante da moeda japonesa. A moeda norte-americana chegou a cair até 77,29 ienes, ampliando as perdas sofridas durante o pregão asiático em consequência de ordens técnicas de último minuto feitas por exportadores japoneses.

No geral, porém, os mercados de câmbio estão bastante calmos. Nem mesmo o indicador que mostrou uma contínua contração na atividade manufatureira da China teve grande impacto sobre os negócios. Alguma agitação foi vista apenas com relação à Turquia, cujo banco central interveio para dar suporte à lira. O dólar caiu de 1,92 lira para abaixo de 1,86 lira pouco antes das 10h (de Brasília) depois de o banco central vender moedas estrangeiras, segundo operadores.

Enquanto isso, o zloti da Polônia se enfraqueceu diante do euro, que operou acima de 4,44 zlotis apesar de o banco estatal BGK ter intervindo no mercado. Anna Zielinska-Glebocka, membro do conselho de política monetária do banco central do país, afirmou que as taxas de juros provavelmente vão permanecer inalteradas em janeiro e fevereiro de 2012 em razão dos riscos para a economia polonesa. A autoridade acrescentou que o zloti está subvalorizado, mas disse esperar que a moeda acompanhe o euro em 2012.

Às 10h40 (horário de Brasília), o euro caía para US$ 1,2941, de US$ 1,2960 no fim da tarde de ontem, e para 100,17 ienes, de 100,70 ienes. Diante do franco suíço, o euro perdia 0,13%, para 1,2165 franco. O dólar recuava para 77,41 ienes, de 77,62 ienes ontem, e a libra era cotada a US$ 1,5480, de US$ 1,5416. O índice do dólar caía para 80,365, de 80,371 ontem. As informações são da Dow Jones.