Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA registram caso de vaca louca, o quarto do país

WASHINGTON, 24 Abr (Reuters) – O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) informou nesta terça-feira o registro de um caso de encefalopatia espongiforme bovina (vaca louca), o quarto da nação, em uma vaca leiteira na Califórnia.

O órgão já começou a notificar as autoridades internacionais de saúde animal e parceiros comerciais, mas avalia que o caso não deve afetar as exportações de carne bovina do país.

“Não há motivo para alarme considerando esse animal. Tanto a saúde animal como humana estão protegidas com relação a este assunto”, disse chefe do setor veterinário do USDA, John Clifford, a repórteres em conferência na sede do departamento.

O USDA informou que a carcaça de vaca contaminada foi destruída, e resíduos não entraram na cadeia produtiva.

O primeiro caso de vaca louca nos Estados Unidos ocorreu no final de 2003, agitando o comércio global de carne bovina.

Acredita-se que seres humanos podem contrair uma doença cerebral fatal ao comer pedaços de carne infectada com a vaca louca.

Os futuros do boi na bolsa de Chicago (CME) chegaram a cair até 3 centavos por libra-peso, limite diário de baixa, nesta terça-feira, com a liquidação de fundos e vendas ligadas aos rumores.

“O impacto não deve afetar exportações. Agora, eu não estou dizendo se vai ou não vai, mas que poderia não afetar”, disse Clifford, observando que os Estados Unidos são reconhecidos pelas autoridades pelas medidas adotadas para controlar os riscos da doença.

(Por Roberta Rampton)