Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA anunciam mudanças que aliviam sanções impostas a Cuba

Alterações vão facilitar viagens de americanos à ilha e exportação de bens e serviços para linhas como educação, produção agrícola e processamento de alimentos

Os Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira a autorização a diversos tipos de exportações para Cuba, medida que entrará em vigor nesta quarta-feira, em um novo passo na remoção das restrições ao comércio com a ilha.

De acordo com as novas medidas, os Estados Unidos permitirão a exportação de bens e serviços para educação, produção agrícola, processamento de alimentos, transportes públicos e iniciativas artísticas, assim como na preparação de atenção a desastres, informou o Departamento do Tesouro.

As licenças para as exportações que o Tesouro considerar que são para o benefício dos cubanos serão garantidos caso a caso, anunciou o Tesouro. O governo americano também removeu restrições a pagamentos e financiamentos para as exportações autorizadas, com exceção de produtos agrícolas e commodities.

Em nota oficial, o secretário do Tesouro, Jacob Lew, afirmou que as medidas “mandam uma mensagem clara ao mundo: Os Estados Unidos estão comprometidos em fortalecer os cubanos e permitir seu desenvolvimento econômico.”

Os dois países restabeleceram relações diplomáticas em julho de 2015 depois de um histórico processo de reaproximação entre os líderes Barack Obama e Raúl Castro, anunciado publicamente em dezembro de 2014. O maior obstáculo para essa reaproximação é a vigência do embargo comercial e econômico dos Estados Unidos a Cuba, que precisa ser desmontado pelo Congresso americano.

Leia também:

Argentina reformula indicadores econômicos para recuperar credibilidade

Brasileiro gastou 38,5% menos no exterior em 2015 por causa do dólar caro

(Com AFP)