Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dólar tem em 2009 a maior desvalorização em relação ao real

Um estudo divulgado nesta quarta-feira aponta que o dólar atingiu em 2009 sua maior desvalorização em relação ao real, acumulando uma queda de 25,46% este ano – considerando a movimentação financeira até a terça-feira. Segundo a consultoria Economatica, responsável pelo estudo, esta é a maior perda anual nos 15 anos de história do real.

A desvalorização do dólar este ano supera a marca registrada em 2003, quando a moeda americana caiu 18,23% no acumulado anual. Apesar da queda expressiva, desde o início do plano real, em 1994, até hoje, o dólar subiu 106%. Somente no ano passado, o dólar acumulou ganhos de 31,34%.

Mas a valorização do real não traz só alegria. Enquanto a moeda nacional valorizada favorece a compra de produtos importados e permite viajar mais ao exterior, ela também prejudica as empresas exportadoras. Para tentar frear a escalada do real frente ao dólar, em novembro o governo anunciou a cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre negócios com ações de empresas brasileiras no exterior. Antes, em outubro, já havia sido anunciada a taxação de aplicações estrangeiras na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

Ainda de acordo com o levantamento da Economatica, o ano também rendeu frutos na Bovespa. Seu principal índice, o Ibovespa, registrou em 2009 a terceira maior valorização em dólares desde sua criação. A rentabilidade registrada este ano, em dólares, foi de 143,99%, atrás apenas de 1991 (287,89%) e 1988 (151,06%).

Nesta quarta-feira, último dia útil do ano, o dólar encerrou a sessão próximo da estabilidade, cotado a 1,74 real. No acumulado do mês, até o fim da sessão desta quarta, a moeda americana resgistra baixa de 0,63%.

(Com Agência Estado e Reuters)