Bovespa e dólar fecham o dia estáveis após anúncio do Fed

Banco central americano decidiu manter juros, mas voltou a dar sinais de que alta das taxas ocorrerá ainda neste ano

O dólar fechou perto da estabilidade em relação ao real nesta quarta-feira, após o comunicado do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, apenas confirmar as expectativas do mercado de uma possível alta de juros ainda neste ano – os juros nos EUA foram mantidos na reunião encerrada nesta quarta.

O dólar teve variação positiva de 0,02%, a 3,27 reais. A moeda americana chegou a 3,29 reais na máxima da sessão, atingida imediatamente após a divulgação do comunicado do Fed, e recuou a 3,26 reais na mínima do dia.

“O Fed só confirmou o que o mercado suspeitava: os sustos recentes passaram e agora já é hora de considerar retomar a alta dos juros”, disse o superintendente de câmbio da corretora Intercam, Jaime Ferreira. Nesta quarta-feira, no anúncio de manutenção dos juros, o Fed ressaltou que os riscos de curto prazo à perspectiva econômica dos Estados Unidos diminuíram, abrindo a porta para retomar o aperto monetário neste ano.

Já vinham crescendo nas últimas semanas as expectativas de que o aumento na taxa venha em algum momento neste ano diante de sinais de força na economia dos Estados Unidos e da calmaria recente nos mercados globais. “Uma elevação de juros era praticamente descartada até o fim deste ano, mas já é algo que começa a ser considerado”, escreveram analistas da corretora Guide Investimentos em relatório divulgado pela manhã.

Leia também:
Fed mantém juros, mas abre caminho para aumento ainda em 2016
Brasil fecha mais de 500 mil vagas no semestre

Antes da decisão do Fed, os juros futuros americanos já indicavam chances levemente majoritárias de aumento dos juros em dezembro, o que pode atrair para a maior economia do mundo recursos aplicados em mercados emergentes como o Brasil. Por outro lado, alguns encararam essa possibilidade como um sinal de confiança na recuperação econômica dos EUA, o que tende a ser positivo para economias emergentes no médio prazo.

Notícias de que o Japão vai anunciar novo pacote de estímulos na próxima semana contribuíram para alimentar o bom humor. Mas o impacto sobre o câmbio foi limitado, já que não se sabe ainda se o banco central do país também agirá para sustentar a economia em sua reunião na sexta-feira.

No cenário local, operadores continuaram à procura de novas pistas sobre o futuro da política fiscal, em meio ao noticiário político relativamente esvaziado devido ao chamado recesso parlamentar branco.

Bovespa – O principal índice da Bovespa fechou praticamente estável nesta quarta-feira, com o avanço das ações da Vale sendo contrabalançado pelo declínio dos papéis da Petrobras, em sessão marcada pela repercussão de balanços corporativos. O Ibovespa fechou com variação positiva de 0,12% a 56.852 pontos.

(Com Reuters)