Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dívida pública federal sobe 2,77% em junho e chega a R$ 2,958 tri

Em maio, o estoque estava em 2,878 trilhões de reais

O estoque da dívida pública federal (DPF) subiu 2,77% em junho e atingiu 2,958 trilhões de reais. Em maio, o estoque estava em 2,878 trilhões de reais.

Em junho, houve emissão líquida de 61,11 bilhões de reais, além de uma correção de juros no estoque da DPF de 18,67 bilhões de reais.

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 3,41% e fechou o mês em 2,837 trilhões de reais. Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 10,34% menor, somando 120,77 bilhões de reais no mês passado.

DPMFi

Os estrangeiros diminuíram a aquisição de títulos do Tesouro Nacional em junho. A participação dos investidores não-residentes no Brasil no estoque da Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) caiu de 16,60% em maio para 16,41% em junho, somando 465,61 bilhões de reais, segundo os dados divulgados há pouco pelo Tesouro Nacional. Em maio, o estoque nas mãos de estrangeiros estava em 455,54 bilhões de reais.

A parcela das instituições financeiras no estoque da DPMFi teve elevação de 22,87% em maio para 23,65% em junho. Os Fundos de Investimentos reduziram a fatia de 21,30% para 20,91%. Já as seguradoras tiveram redução na participação de 4,62% para 4,41%.

Leia também:
Governo publica decreto que garante antecipação do 13º salário
Reino Unido precisará de meses antes de negociar saída da UE

DPF

A parcela da Dívida Pública Federal (DPF) a vencer em 12 meses subiu de 20,40% em maio para 20,44% em junho, segundo o Tesouro Nacional. O prazo médio da dívida caiu de 4,67 anos em maio para 4,55 anos em junho.

Já o custo médio acumulado em 12 meses da DPF caiu de 14,25% ao ano em maio para 13,80% ao ano em junho.

(Com Estadão Conteúdo)