Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desemprego cairá a partir de agosto, diz ministro da Fazenda

Avaliação foi postada na conta de Henrique Meirelles na manhã desta terça-feira; país registra 14 milhões de pessoas procurando emprego, segundo IBGE

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o índice de desemprego começará a cair no país a partir de agosto. A avaliação foi feita em uma série de tuítes postados em sua conta pessoal na manhã desta terça-feira. O ministro tem anunciando publicamente que esperava pela queda do desemprego neste ano, e manteve as apostas mesmo com a instabilidade política do governo de Michel Temer, alvo de inquérito no STF e envolvido na delação do  empresário Joesley Batista.

Meirelles considera que a crise econômica pelo qual o país passa é “forte” e que isso fará com que a recuperação do emprego seja lenta. “Os efeitos de uma recessão tão forte quanto a dos últimos anos não desaparecem do dia para a noite”, escreveu. Em abril, o número de desempregados foi de 14 milhões, ou 13,6% da população economicamente ativa, segundo o IBGE.

O ministro considera que a recuperação do emprego acontecerá com certo atraso da recuperação da economia, pois este tipo de indicador costuma demorar mais para reagir após períodos de crise. A previsão da equipe econômica liderada por Meirelles é que o PIB esteja em um ritmo de crescimento anual de 2,7% ao ano no último trimestre de 2017.

No dia 1º de junho, o IBGE divulgou que a atividade econômica teve alta de 1% no primeiro trimestre de 2017, o primeiro resultado positivo após 8 meses seguidos de queda neste tipo de comparação. O avanço foi puxado por um desempenho excepcional no setor agropecuário, motivado por uma safra recorde, e economistas vêem o bom resultado do PIB com cautela por causa da fragilidade da demanda interna.

O ministro da Fazenda inaugurou sua conta no Twitter há uma semana, com uma mensagem em que dizia querer usar o espaço para debater os rumos do Brasil. Meirelles é frequentemente questionado se pretende disputar a presidência em 2018, mas diz sempre que seu foco está apenas no seu trabalho à frente do ministério, para recuperar a economia do país.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ADRIANOVIAJANTE007

    Banqueiro que faz propaganda enganosa, pois não há projeto algum para um verdadeiro desenvolvimento sustentável, mas apenas reformas para destruir o povo.

    Curtir

  2. Reinaldo Neves Pereira

    É o novo Mantega! Sempre fazendo previsões otimistas para o futuro, e cada vez que esse futuro chega, a previsão passa para um futuro mais distante, e assim vai …

    Curtir

  3. devia estar na cadeia esse MEIRELLES LADRÃO–ROUBOU ESTRATEGICAMENTE PRO LULADRÃO E PROS AÇOUGUEIROS–FAZ REFORMAS PRA AJUDAR BANQUEIROS- PRA UM PAÍS TER DESENVOLVIMENTO OS JUROS SÃO BAIXOS, ESSE BANDIDO FAZ AO CONTRARIO DE OUTRO PAISES

    Curtir

  4. antonio olympio costa e silva

    Esse é outro: Tá no governo desde o inicio e nunca soube de nada.( serááá………………..?)

    Curtir

  5. Marcos Binelli

    É, agosto de Deus……kkkkkk

    Curtir

  6. Gilvan Lopes da Silva

    O número de desempregados não vai diminuir simplesmente porque alguém diz que vai. Não existe reforma no mundo também que faça esse milagre. nenhum empresário de juízo vai investir em um país com tamanha insegurança no futuro. Ainda se houvesse um único político a despertar a esperança por um pouco de honestidade, vá lá. A insegurança, repito, não é econômica (e em parte é), a insegurança é na político e nos políticos. Não é segredo mais para o mundo a onda de lamaçal que o país vem atravessando. O cara sabe que políticos tão corruptos, e um judiciário que os protege, o cara sabe que tudo de ruim pode acontecer. Não adianta alardear palavras de “otimismo”. Palavras são apenas palavras, ou junta-se à ação, ou essa crise vai longe.

    Curtir