Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desafio da indústria é reduzir custos, diz BNDES

Em encontro sobre competitividade, diretor da instituição disse que empresas precisam expandir a produção a custos cada vez menores

O economista David Kupfer, assessor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), disse nesta terça-feira que o grande desafio da indústria brasileira, atualmente, é expandir a produção a custos cada vez menores. Segundo ele, não há mais espaço para repasses ao consumidor diante de uma nova classe média que não está acostumada a ter reserva de capital.

O economista comparou a situação da indústria, hoje, à da abertura da economia no início da década de 1990. “O desafio não é produtividade ou morte, mas produtividade ou baixo crescimento”, afirmou ele durante sua participação no 10º Congresso Internacional Brasil Competitivo, em Brasília.

Em outro painel, a presidente da General Eletric no Brasil, Adriana Machado, defendeu investimentos públicos e privados na educação, mas ressaltou que a sociedade brasileira precisa de “execução” para impedir que boas ideias se percam

Leia mais:

No Brasil, metade das empresas não chega ao terceiro ano

O presidente da Microsoft no Brasil, Michel Levy, afirmou que o país precisa de “um senso de urgência” para ter condições de exploração econômica de invenções. Ele citou o exemplo de Thomas Edison, fundador da GE, e William Boeing, criador da empresa com o mesmo nome, que no início do século passado produziram invenções, mesmo diante de um ambiente regulatório e financeiro desestruturado.Na avaliação de Levy, o Brasil precisa discutir melhor a questão de propriedade intelectual para permitir avanços desse porte.

O 10º Congresso Internacional Brasil Competitivo centrou seus debates em três pontos: educação, logística e tributação.

(Com Agência Estado)