Consumo industrial de energia cai 0,45% em setembro, diz Comerc

SÃO PAULO (Reuters) – O consumo de energia elétrica da indústria teve redução de 0,45 por cento em setembro ante agosto, resultado influenciado pela diminuição da produção industrial, segundo o Índice Setorial da Comerc Gestão, gestora independente de energia elétrica responsável por 13 por cento da carga de energia de consumidores livres no Brasil.

“Após aceleração na atividade da indústria como preparação para as demandas de fim de ano, até agosto, muitos setores alcançaram o nível de estocagem planejado e retomaram o ritmo habitual de produção”, informa a companhia, em nota divulgada nesta segunda-feira.

Apesar da redução, a Comerc considera que as oscilações estão em linha com a tendência de estabilização até o fim do ano.

Dos 15 setores analisados no período, 10 apresentaram queda no consumo em relação a agosto, com destaque para o setor de veículos e autopeças, cujo consumo foi 5,92 por cento menor.

Por outro lado, o segmento de embalagens registrou o maior crescimento do consumo de energia em setembro ante agosto, com alta de 3,03 por cento. Já o segmento de vidros consumiu 2,39 por cento a mais e o de química e petroquímica teve elevação de 2,26 por cento no consumo de energia elétrica.

Na comparação com setembro de 2010, o setor de vidros reduziu o consumo em 12,5 por cento e o segmento de veículos e autopeças consumiu 6,92 por cento a menos.

Já a principal alta no consumo na comparação anual é do segmento de mineração, com alta de 5,65 por cento.

(Reportagem de Anna Flávia Rochas)