Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Conheça as dez famílias mais ricas dos Estados Unidos

Com uma fortuna de US$ 152 bilhões, família Walton, do Walmart, desbancou dinastias tradicionais do século XX, como Rockefeller, Ford e Kennedy

A Forbes divulgou nesta semana um ranking inédito: das famílias mais ricas dos Estados Unidos. Com uma fortuna de 152 bilhões de dólares, a família Walton, proprietária do Walmart, encabeça a lista, seguida pela família Koch, da Koch Industries, e pela família Mars, da empresa de alimentos Mars. Juntos os três clãs detêm um patrimônio de 301 bilhões de dólares, o que corresponde a um quarto de toda a riqueza produzida pelas famílias mais ricas dos EUA.

O ranking da Forbes possui 185 famílias, com patrimônio acumulado de 1,2 trilhão de dólares. Segundo a publicação, muitas personalidades ainda estão trabalhando para aumentar a riqueza de suas famílias, enquanto outras são apenas herdeiras de uma grande fortuna. A relação mostra que dinastias tradicionais da história americana, como Rockefeller (com 10 bilhões de dólares), Ford (com 2 bilhões de dólares) e Kennedy ( com 1 bilhão de dólares), foram ultrapassadas por famílias fundadoras de empresas contemporâneas, dentre eles os próprios Walton e Koch, que viram seus negócios alavancarem após a década de 1970.

Leia também:

Conheça os ricaços que não deixarão suas fortunas para os filhos

Confira as 20 maiores empresas do mundo, segundo a ‘Fortune’

Brasil perde participação em lista de maiores empresas da Forbes

Quem são as mulheres mais poderosas (e bilionárias) do mundo

​Bill Gates é, de novo, o homem mais rico do mundo – confira o ranking da Forbes

Para realizar a pesquisa, a Forbes desconsiderou os ricaços presentes na lista das pessoas mais endinheiradas dos Estados Unidos e que criaram sozinhas a própria fortuna, deixando de lado, por exemplo, as famílias de Bill Gates, Warren Buffett e Mark Zuckerberg. Outro ponto a destacar é que grande parte das famílias listadas possui ligação com algumas das empresas e marcas mais famosas do país, como a Johnson & Johnson (família Johnson, com patrimônio de 5,9 bilhões de dólares), a rede de hotéis Marriott (patrimônio de 5,7 bilhões de dólares) e a companhia de cosméticos Mary Kay (família Rogers, com 2 bilhões de dólares).