Confiança de serviços em setembro maior nível desde 2015, diz FGV

Consultor da fundação acredita que quadro aponta para possibilidade para retomada do crescimento do nível de atividade do setor nos próximos trimestres

As expectativas melhoraram e o Índice de Confiança de Serviços (ICS) do Brasil avançou pelo sétimo mês seguido em setembro, atingindo o maior nível desde fevereiro do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O ICS apresentou neste mês alta de 1,8 ponto e chegou a 80,6 pontos, influenciado principalmente pelo ganho de 3,9 pontos do Índice de Expectativas (IE-S), para 91,0. Por outro lado, o Índice da Situação Atual (ISA-S) perdeu 0,1 ponto e foi a 70,8 pontos.

“Este quadro, que combina expectativas empresariais em ascensão e uma evolução mais gradual da satisfação em relação ao momento presente, aponta para a atenuação das taxas negativas de crescimento, abrindo a possibilidade para uma retomada do crescimento do nível de atividade do setor nos próximos trimestres”, apontou em nota Silvio Sales, consultor do FGV/IBRE.

Leia também:
Limite para financiar imóvel com poupança sobe para R$ 1,5 mi
Petrobras exigirá 10 anos de experiência para diretores

Em julho, o setor de serviços do Brasil voltou a mostrar alta com crescimento no volume de 0,7%, porém ainda insuficiente para recuperar as perdas anteriores, de acordo com dados do IBGE.

(Com agência Reuters)