Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comissão Europeia nega estar se preparando para saída da Grécia do euro

Bruxelas, 18 mai (EFE).- A Comissão Europeia assegurou nesta sexta-feira que não está estudando cenários perante uma possível saída da Grécia da zona do euro, desmentindo assim as declarações do comissário de Comércio, Karel De Gucht.

‘A Comissão nega firmemente estar trabalhando em um cenário de saída da Grécia’, assinalou através de sua conta oficial no Twitter o porta-voz do Executivo comunitário, Olivier Bailly.

A instituição respondeu assim ao rebuliço causado pelas declarações de De Gucht, que, em entrevista ao jornal belga ‘De Standaard’ assegurou que tanto a Comissão como o Banco Central Europeu (BCE) ‘estudam cenários de emergência’ perante uma hipotética saída grega da moeda única.

No entanto, segundo o porta-voz, a postura oficial da Comissão é a expressada em repetidas ocasiões por seu presidente, José Manuel Durão Barroso, e pelo titular de Assuntos Econômicos, Olli Rehn.

‘Barroso e Rehn estão há dois anos dizendo que a Comissão quer que a Grécia permaneça no euro. Isto continua sendo verdade’, ressaltou Bailly.

Nas últimas semanas, e especialmente após o fracasso das negociações para formar um governo em Atenas, aumentou o debate sobre uma possível saída da Grécia do euro.

Nesta semana, a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou que é necessário ‘analisar de um ponto de vista técnico’ essa possibilidade, apesar de que ‘seria uma situação extremamente custosa e com grandes perdas’. EFE