Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comissão do Senado aprova três diretores para Aneel

Cargos de Romeu Rufino, André Pepitone da Nóbrega e Tiago de Barros Correia ainda precisam passar pela votação do plenário

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, a recondução dos diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Romeu Rufino e André Pepitone e a indicação do novo diretor Tiago de Barros Correia. Foram dezesseis votos favoráveis, nenhuma abstenção e nenhum voto contrário. Os nomes dos três diretores ainda devem ser submetidos à votação do plenário do Senado, mas como o pedido tramita em regime de urgência, ele deve ser votado hoje.

Leia também:

Aneel aprova reajuste de 18,66% nas contas de luz da Eletropaulo

Consumidores paulistas terão reembolso de conta de luz

Aneel propõe reduzir ganhos de distribuidoras para 7,16%

Os mandatos do diretor-geral, Romeu Rufino, e do diretor André Pepitone da Nóbrega venciam em 13 de agosto. Rufino ocupa a diretoria da Aneel desde 2006, e Pepitone, desde 2010. Antes, ambos já tiveram outros cargos dentro da agência reguladora. A comissão aprovou também o nome do novo diretor Tiago de Barros Correia. Antes da indicação à diretoria da Aneel, Correia era secretário de Infraestrutura Portuária da Secretaria de Portos, e atuou na assessoria econômica do Ministério de Minas e Energia (MME) e na assessoria especial da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda.

As indicações dos três diretores foram feitas por mensagem da presidente da República, Dilma Rousseff, na edição de 10 de julho do Diário Oficial da União. O mandato de diretor da Aneel tem quatro anos de duração.

(com Estadão Conteúdo)