Votação da reforma trabalhista começa em comissão; assista

O relatório da reforma mexe em 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Deputados não poderão pedir vista ou emendas à matéria. Siga ao vivo

A Câmara dos Deputados começa a discutir nesta terça-feira a reforma trabalhista. A reunião estava marcada para começar às 10h, mas começou depois das 11h30. O objetivo da base governista é votar o parecer do relator Rogério Marinho (PSDB-RN) hoje na comissão e levá-lo amanhã para o plenário da Casa.

Na semana passada, o plenário da Câmara aprovou requerimento de urgência para votação da proposta. Isso significa que não é possível pedir vista ou emendas à matéria na comissão especial que analisa o parecer.

O relatório da reforma trabalhista mexe em 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O projeto dá força de lei aos acordos coletivos negociados entre empresas e trabalhadores em vários pontos.

Contrário às reformas trabalhista e da Previdência, a cúpula do PSB decidiu fechar questão sobre o assunto e orientar sua bancada a votar contra as duas propostas do governo.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) e outras entidades sindicais estão convocando uma greve geral, em conjunto com movimentos sociais, contra as reformas propostas pelo governo Michel Temer (PMDB), inclusive a reforma trabalhista.

Acompanhe ao vivo a votação da reforma trabalhista na Câmara: