Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comgás reduz tarifas de gás em SP a partir de segunda

Decisão tomada pela agência reguladora vai beneficiar 1,6 milhão de clientes residenciais e empresariais no estado de São Paulo

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), maior distribuidora de gás natural do Brasil, vai reduzir as tarifas aos consumidores a partir de segunda-feira (3 de outubro), atendendo a uma decisão da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) publicada neste sábado. A Arsesp é a agência estatal que cuida das regras do setor.

Será a segunda redução de tarifas neste ano. A medida é válida para o gás natural canalizado da Comgás nos segmentos comercial, industrial, de cogeração e residencial (exceto a parte fixa da tarifa). O reajuste foi decidido pela Arsesp para alinhar o preço cobrado no Brasil ao custo internacional de gás, que caiu acompanhando a queda do preço do petróleo.

“Essa segunda redução de preços anunciada pela Arsesp aumenta ainda mais a competitividade do gás natural”, afirmou o presidente da Comgás, Nelson Gomes, em comunicado.

LEIA MAIS:
BC piora inflação para 2016 e aposta em melhora para 2017
Conta de luz fica mais barata a partir desta sexta

Em alguns casos, a queda na tarifa pode chegar a 3% para residências, 6% para o comércio, 10% para a indústria e até 12% para cogeração. Já o custo do Gás Natural Veicular (GNV) para os postos de combustíveis ficará praticamente estável.

As novas tarifas são válidas para os clientes da área de concessão da Comgás: serão 177 municípios na região metropolitana de São Paulo e nas regiões de Campinas, do Vale do Paraíba e da Baixada Santista.

O primeiro ajuste com redução de tarifas neste ano havia sido definido pela Arsesp em maio. A Comgás conta com 1,6 milhão de clientes, segundo dados divulgados pela empresa em seu último balanço.

(Com a agência Reuters)