Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com agenda esvaziada, Bovespa sobe 1,06%

Por Claudia Violante

São Paulo – Os investidores em ações no Brasil aproveitaram a agenda esvaziada para antecipar o exercício de índice futuro na quinta-feira. O feriado de Nossa Senhora Aparecida, amanhã, e o comportamento das bolsas norte-americanas, no entanto, limitaram um pouco os ganhos, embora o principal índice à vista tenha tocado os 54 mil pontos no intradia.

No fechamento, o Ibovespa situou-se abaixo disso, nos 53.838,47 pontos, em alta de 1,06%. Na mínima, registrou 52.820 pontos (-0,85%) e, na máxima, 54.113 pontos (+1,58%). No mês, acumula ganho de 2,89%, mas, em 2011, cai 22,32%.

Segundo um operador de renda variável de uma corretora paulista, a Bovespa trabalhou ‘ao ritmo interno’, de olho no exercício da próxima quinta-feira, embora os investidores tenham evitado ficar muito posicionados, por causa do feriado desta quarta-feira.

As bolsas norte-americanas registraram um pregão volátil, ainda que tenha sido o Dow Jones o índice a passar mais tempo no terreno negativo. Fechou em baixa de 0,15%, aos 11.416,30 pontos, enquanto o S&P subiu 0,05%, aos 1.195,54 pontos e o Nasdaq avançou 0,66%, aos 2.583,03 pontos.

O assunto que dominou as mesas no exterior foi a expectativa em relação à votação, pelo Parlamento da Eslováquia, da ampliação da Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês). O país é o último dos 17 integrantes da zona do euro a votar as mudanças na linha – que depende do aval de 100% para vigorar. No final do pregão ainda não havia nenhum sinal sobre o desfecho da votação, o que trouxe um pouco de instabilidade aos negócios.

As bolsas europeias fecharam sem trajetória uniforme, embora a troica tenha aprovado a liberação da nova tranche de ajuda à Grécia. A liberação efetiva ainda depende de aprovação do FMI e dos ministros de Finanças da zona do euro. No Brasil, as blue chips fecharam em alta. Petrobras ON avançou 0,68% e a PN, 1,32%. Na Nymex, o contrato do petróleo para novembro subiu 0,47%, a US$ 85,81 o barril. Vale ON avançou 1,46% e PNA, 1,72%.