Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CNH eletrônica estreia em Goiás; saiba como vai funcionar

No restante do país, a CNH-e deve ser implantada até 1º de fevereiro de 2018

A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) foi lançada nesta terça-feira (10) em Goiás (GO). O estado foi escolhido pelo Ministério das Cidades para testar o projeto piloto do sistema. No restante do país, a CNH-e deve ser implantada até 1º de fevereiro de 2018.

A carteira digital terá a mesma validade que o documento impresso. Isso significa que ela poderá ser acessada a partir do celular de cada condutor, dispensando a apresentação do documento em papel.

Segundo o Detran de Goiás, todos os condutores que solicitarem serviços de permissão provisória, renovação, adição de categoria e emissão de segunda via a partir de agora terão direito à CNH eletrônica. O documento será disponibilizado nas duas versões, impressa e digital, sem custo adicional até o fim do ano.

Para solicitar a CNH eletrônica é preciso já ter uma habilitação impressa com QR Code e se cadastrar no portal de serviços do Denatran.

Segundo o Detran-Go, a mudança permitirá que os motoristas tenham a partir de agora o arquivo digital da CNH em seus smartphones. Esse documento virtual poderá ser apresentado no lugar da CNH impressa através do aplicativo desenvolvido pela Denatran. O aplicativo permite a exibição do documento com frente, verso e QR Code.

Segundo o Ministério das Cidades, a fixação da cobrança do documento digital ficará a cargo dos Detrans estaduais, que já determinam os valores das taxas da CNH impressa.

Dirigir sem a carteira de habilitação é infração leve e gera multa de 88,38 reais e retenção do veículo até a apresentação do documento.

Veja também

COMO SOLICITAR O DOCUMENTO DIGITAL

– Baixar o aplicativo CNH-e que estará disponível para download (Apple Store e Google Play) a partir de fevereiro próximo.

– O condutor deve ter um certificado digital (Serpro) ou se cadastrar em um posto do Detran.

– Fazer cadastro no Portal de Serviços do Denatran (portalservicos.denatran.serpro.gov.br).

– Se tiver cadastro no Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) não precisa se cadastrar novamente. Mas deve solicitar a CNH-e pelo portal do Denatran com a mesma senha do cadastro SNE.

– Fazer login no aparelho que utilizará a CNH digital. Criar PIN (4 dígitos) para primeiro acesso e visualizar, posteriormente, o documento.

– Ter a nova CNH impressa com QR Code.