Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Centrais sindicais ameaçam greve nacional contra nova Previdência

O relator da reforma, deputado Arthur Maia, negocia a retomada da votação de uma proposta mais enxuta

As centrais sindicais aprovaram nesta sexta-feira a convocação de uma greve nacional contra a reforma da Previdência. Depois de ficar parada por meses do Congresso, a proposta de reforma da aposentadoria voltou a ser discutida nesta semana por integrantes do governo.

Em nota assinada por oito centrais sindicais, as entidades afirmam que a paralisação será convocada se a proposta de reforma for colocada em votação no Congresso.

O relator da reforma, deputado Arthur Maia (PPS-BA), negocia a retomada da votação de uma proposta mais enxuta, com fixação de idade mínima para aposentadoria, unificação do teto dos benefícios entre iniciativa privada e setor público.

A nova proposta deve retirar a incidência da Desvinculação das Receitas da União (DRU) das receitas previdenciárias e desistir de elevar o tempo de contribuição de 15 anos para 25 anos.

“Seguiremos na luta para impedir a retirada de direitos com a reforma trabalhista e barrar a reforma da Previdência que ameaça a aposentadoria dos brasileiros”, informa a nota das centrais.

Hoje, foram realizados protestos em diversas capitais do país contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. sinesio gimene

    os sindicatos, nao querem perder a boquinha , tem que extinguir estes bandidos, eles nao fazem nada em nosso favor só pensam na mala preta, extinção a estes bandidos

    Curtir

  2. sinesio gimene

    este jarguao já era , sabemos o que voces querem , querem fazer barulho e levar a sua parte, se pagarem façam a reforma que quiserem, bandidos, voces ja eram, vao negociar é ??? sabemos quais sao as negociaçoes

    Curtir