Caixa lidera ranking de reclamações do BC no 2º trimestre

Entre as principais queixas estavam assuntos relacionados a integridade, segurança, sigilo e legitimidade das operações e serviços

A Caixa Econômica Federal liderou o ranking de reclamações de clientes de grandes bancos do Brasil no segundo trimestre deste ano, segundo informações do Banco Central divulgadas nesta segunda-feira.

No período, o banco teve 2.488 reclamações consideradas procedentes – maior número absoluto entre os bancos -, levando o índice de reclamações para 29,11, também o maior entre os bancos.

Entre as principais queixas estavam assuntos relacionados a integridade, segurança, sigilo e legitimidade das operações e serviços, inclusive com cartões, e débito em conta não autorizado pelo cliente.

O Santanter Brasil ficou em segundo lugar no ranking de reclamações do BC, com índice 28,58, seguido por Bradesco (24,45), Banco do Brasil (21,71) e Itaú Unibanco (21,33).

Banco Índice de reclamações
Caixa  29,11
Santander  28,58
Bradesco  24,45
Banco do Brasil  21,71
Itaú Unibanco  21,33

O índice do BC é obtido a partir da divisão do número de reclamações em relação ao número de clientes, multiplicado por 1 milhão.

No primeiro trimestre, o Banco do Brasil liderou o ranking de reclamações, após ter anunciado no fim do ano passado o fechamento de cerca de 400 agências e a conversão de outras quase 400 em postos de atendimento, dentro de um plano de corte de custos para recuperar rentabilidade.

Outro lado

A Caixa Econômica Federal informa que “faz revisão permanente de seus serviços, produtos e atendimento e que utiliza as informações e reclamações dos clientes para melhoria e modernização de todos os seus processos”. “Informa ainda que realiza constantes investimos em infraestrutura, em capacitação de empregados e em soluções tecnológicas para promover qualidade no serviço prestado e garantir a satisfação dos clientes”.

O banco abriu hoje um novo programa de demissão voluntária (PDV) para demitir 5.500 trabalhadores. Na semana passada, foi o Bradesco que anunciou a abertura de um PDV.

O Banco do Brasil diz que adota “ações de aprimoramento para que a melhora no atendimento e a adequação de produtos e serviços”. “No decorrer de 2017, o banco segue com a expansão do atendimento digital e com a modernização dos processos de atendimento, para melhorar ainda mais a experiência dos clientes”.

Em nota, o Santander informa que “tem trabalhado continuamente no aprimoramento dos seus processos, ofertas e atendimento, tornando-os mais simples e ágeis, a fim de melhorar a satisfação e a experiência dos consumidores com o banco. ”

Para o Itaú, seus esforços estão dando resultado.“Nossos esforços em alavancar a satisfação dos nossos clientes garantindo a solução rápida e definitiva das suas demandas nos canais internos são constantes e têm se mostrado eficazes.”

(Com Reuters)