Brasil terá maior queda entre grandes economias, diz órgão da ONU

Conferência da ONU para o Comércio e Desenvolvimento aponta queda de 3,2% no PIB brasileiro este ano; Previsão de crescimento global é de 2,3%

O Brasil terá, em 2016, a maior contração entre as grandes economias do mundo, e a queda deve continuar em 2017. Relatório publicado na quarta-feira, pela Conferência da ONU para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad) aponta que a queda do PIB será de 3,2%.

No geral, o PIB mundial deve ter uma expansão de 2,3%, abaixo do desempenho de 2015 e revelando a fragilidade das estratégias de retomada do crescimento da economia mundial. “A expectativa é de uma queda no crescimento nos EUA que pode ficar, pela primeira vez em sete anos, abaixo daquele da União Europeia. Enquanto isso, no Japão, persiste a estagnação. No Reino Unido, a recente recuperação será negativamente afetada pelo Brexit.”

Entre os emergentes, a expansão será de apenas 3,8%, a mais baixa desde 2009. “A perda de dinamismo econômico nas economias avançadas está afetando os países em desenvolvimento, que vão crescer, em média, menos de 4% este ano, 2,5 pontos porcentuais abaixo da taxa alcançada durante o período pré-crise”, indicou a ONU.

Leia também:
TCU manda bloquear bens de construtoras Queiroz Galvão e Iesa
“Fantasmas” no Uber lucram assustando passageiros na China

Entre as dez maiores economias do mundo, apenas a do Brasil e a da Rússia sofrerão uma contração. No caso de Moscou, ela será de 0,2%, depois de uma queda de 3% em 2015. Para a economia brasileira, os dados revelam três anos de contração ou praticamente de estagnação.

Em 2014, o desempenho do PIB apontou para um aumento de apenas 0,1%. No ano seguinte, a queda foi de 3,8%, o que também colocou o Brasil como tendo o pior desempenho entre as maiores economias do mundo. Agora, mais uma queda deve ser registrada. A situação do Brasil está inclusive afetando as demais economias da região latino-americana.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. José A. K. Joch

    Este é o legado maldito deixado pelos petralhas, sob o comando do chefe Lula e sua poste eleita no estelionato eleitoral de 2014.

    Curtir

  2. Luiz Renato Fogagnolo

    verdadeira HERANÇA MALDITA desses bandidos petralhas

    Curtir