Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOVESPA-Cautela por Grécia faz índice rondar estabilidade

SÃO PAULO, 15 Jun (Reuters) – A Bovespa tinha um pregão morno nesta sexta-feira, com seu principal índice gravitando em torno da estabilidade, enquanto investidores esperam pela eleição na Grécia no domingo e uma possível ação conjunta de bancos centrais para prover liquidez aos mercados financeiros.

Às 12h57, o Ibovespa tinha variação positiva de 0,05 por cento, a 55.376 pontos. O giro financeiro do pregão era de 2,6 bilhões de reais.

“O mercado está em compasso de espera para a eleição da Grécia e tende a terminar o dia de lado”, disse o estrategista-chefe do Banco WestLB, Luciano Rostagno. “Os investidores estão bastante cautelosos, ninguém quer assumir posições antes de saber o que vai acontecer na Grécia.”

Bancos centrais das principais economias mundiais verificaram suas munições nesta sexta-feira, em preparação para eventuais turbulências provenientes dos resultados da eleição na Grécia, enquanto o Banco Central Europeu sinalizou que está pronto para oferecer mais liquidez a bancos em dificuldades e indicou corte da taxa de juros.

A expectativa em torno dessas medidas ofuscava o dado de produção industrial dos Estados Unidos, que recuou em maio pela segunda vez em três meses, em mais um sinal de que a economia norte-americana pode estar enfraquecendo.

Ainda assim, em Wall Street o índice Dow Jones subia 0,5 por cento. Já o principal índice das ações europeiasencerrou em alta de 0,97 por cento.

Na bolsa paulista, as ações da Petrobras ampliavam as perdas da véspera, com o papel preferencial caindo 1,6 por cento, a 17,88 reais. A estatal divulgou na quinta-feira o plano de negócios para o período entre 2012 e 2016, com previsão de mais investimentos mas redução das metas de produção de petróleo e gás, o que desagradou investidores.

A preferencial da Usiminas caía 5,5 por cento, a 7,35 reais. O Deutsche Bank reduziu para “vender” a recomendação para a ação da siderúrgica brasileira, citando o enfraquecimento das receitas e a possibilidade de a empresa aumentar o capital.

Em sentido contrário, OGX subia 2,1 por cento, a 9,64 reais, enquanto a preferencial da Vale avançava 0,9 por cento, a 38,19 reais.

“O mercado agora espera o resultado das eleições na Grécia para saber como se posicionar. Na semana que vem, temos também a reunião do Fed (banco central dos Estados Unidos), e existe grande expectativa de nova rodada de estímulo à economia nos Estados Unidos”, disse Rostagno.(Por Danielle Assalve; Edição de Aluísio Alves)