Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOLSA EUROPA-Ações caminham para maior queda semanal desde novembro

LONDRES, 18 Mai (Reuters) – As bolsas de valores europeias operavam em nova queda nesta sexta-feira, e devem ter o seu pior declínio semanal desde novembro, depois que bancos espanhóis foram rebaixados pela Moody’s e a Fitch reduziu sua classificação da dívida da Grécia.

Às 8h30 (horário de Brasília), o índice FTSEUROFIRST 300 , que reúne as principais bolsas europeias, caía 0,26 por cento, com 978 pontos, seu quinto dia consecutivo de perdas, levando sua queda semanal a 4,8 por cento.

“Os mercados europeus ainda estão com um humor muito fatalista por causa da Grécia e um possível contágio”, afirmou Lex van Dam, gerente de fundo de hedge da Hampstead Capital, que gerencia 500 milhões de dólares em ativos.

“Minha visão é de que é muito provável que o BCE (Banco Central Europeu) irá intervir antes que a situação saia do controle”, acrescentou.

O sentimento dos investidores recebeu um golpe com a medida da Moody’s na quinta-feira de cortar a classificação da dívidade longo-prazo e de depósitos de 16 bancos espanhóis, incluindo o maior da zona do euro, o Banco Santander.

Enquanto isso, a Fitch reduziu a classificação de crédito da Grécia de B- para CCC, também na quinta, para refletir o elevado risco de que o país tenha que sair da zona do euro.

O fracasso de políticos gregos em formar um governo de coalizão e a convocação de novas eleições para junho, em que a esquerda radical contrária à ajuda internacional deve vencer, aumentou a crise vivida pelo país.

Veja o desempenho das bolsas da Europa às 8h35:

BOLSAPONTUAÇÃOVARIAÇÃO %

Londres5.308-0,56

Frankfurt6.3230,23

Paris3.0200,28

Madri6.5980,85

Milão13.2611,31

Lisboa4.7890,62

Veja como se comportaram as bolsas asiáticas:

(Reportagem de Tricia Wright; Reportagem adicional de Francesco Canepa)

REUTERS DAD PF