Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOLSA EUA-Bancos caem por JPMorgan; índices recuam na semana

(Texto atualizado com informações após o fechamento)

Por Angela Moon

NOVA YORK, 11 Mai (Reuters) – As ações de bancos norte-americanos despencaram nesta sexta-feira, após o JPMorgan Chase afirmar que perdeu bilhões por conta de negociações ruins, mas os mercados fecharam apenas em leve queda, graças a ganhos em papéis do setor de tecnologia.

Praticamente estável, o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,27 por cento, para 12.820 pontos; o índice Standard & Poor’s 500 teve desvalorização de 0,34 por cento, para 1.353 pontos; e o termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,01 por cento, para 2.933 pontos.

Na semana, o Dow Jones caiu 1,7 por cento, o S&P recuou 1,1 por cento e o Nasdaq teve oscilação negativa de 0,8 por cento.

A ação do JPMorgan, maior banco dos Estados Unidos em termos de ativos, recuou 9,3 por cento com volume recorde após ter divulgado perdas em negociações de derivativos. As notícias incentivaram temores de que os problemas do banco possam ter consequências ao longo de todo o setor bancário. O índice KBW , que mede a atividade do segmento nas bolsas de valores, caiu 1,2 por cento.

“O que aconteceu com o JPMorgan se tornará uma questão política. Isso fará com que aumentem as regulações bancárias, e grandes bancos serão sufocados por algum tempo”, disse o vice-presidente de Investimentos do Solaris Group, Tim Ghriskey, que administra cerca de 2 bilhões de dólares em ativos.

O papel do JPMorgan recuou para 36,96 dólares, com volume de 207 milhões de ações.

Os principais índices acionários do país fecharam em baixa pela segunda semana seguida, derrubados por renovadas preocupações com a saúde fiscal da Europa: a desordem política na Grécia novamente levantou temores de que o país pode sair da zona do euro e as dificuldades envolvendo bancos espanhóis indicando que é possível que o país precise de resgate, enquanto alguns dados sobre a economia dos Estados Unidos geraram dúvidas sobre o crescimento.

Mas uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira mostrou que o sentimento de consumidores dos Estados Unidos superou seu maior nível em quatro anos no início de maio, com norte-americanos se mostrando otimistas sobre o mercado de trabalho. A pesquisa foi um sinal bem-vindo em meio a preocupações de que a recuperação econômica pode estar desacelerando.

O Nasdaq fechou em leve alta, tendo melhor performance do que o resto do mercado. A ação da fabricante de chips Nvidiaavançou 6,4 por cento para 13,21 dólares após a empresa divulgar resultados trimestrais que superaram as estimativas de analistas. O papel impulsionou o termômetro de tecnologia e esteve entre as ações de melhor performance entre as incluídas no S&P 500.

REUTERS BBF FR LO