Boehner refaz seu plano sobre dívida dos EUA após críticas

WASHINGTON (Reuters) – O presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, John Boehner, está refazendo seu plano orçamentário após descobrir que os cortes de gastos apresentados no seu plano eram inferiores aos prometidos por ele, afirmou um porta-voz nesta terça-feira.

“Prometemos que vamos cortar os gastos em uma proporção maior que usada para elevar a dívida –sem aumento de taxas– e manteremos essa promessa”, disse o porta-voz de Boehner, Michael Steel.

“Enquanto falamos, membros do Congresso estão buscando opções para rescrever a legislação a fim de que ela atenda a nossa promessa”.

O Escritório de Orçamento do Congresso, órgão apartidário, revelou que o plano cortaria gastos em 850 bilhões de dólares em 10 anos, em vez do 1,2 trilhão de dólares prometido.

(Reportagem de Andy Sullivan)