Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BM&FBovespa nega indicar candidato à direção da CVM

Por Mariana Durão

Rio – O presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, rebateu rumores de que a indicação de Leonardo Pereira à presidência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) teria desagradado à Bolsa. No mercado, circulavam boatos de que a Bolsa teria preferência por nomes com maior proximidade de seus quadros.

“Nunca fizemos indicação. A Bolsa não tem candidato e é uma empresa regulada pela CVM. Não é justo regulado indicar regulador”, disse Edemir nesta quinta-feira em cerimônia de posse na sede do órgão regulador, no Rio de Janeiro.

A ex-presidente da autarquia Maria Helena Santana foi diretora da Bovespa, assim como o atual diretor e presidente interino, Otávio Yazbek, que foi da BSM Supervisão de Mercados.

Segundo Edemir, as indicações de Pereira e da diretora Ana Novaes, empossada nesta quinta-feira, são positivas. “O perfil da Ana Novaes e do Leonardo (ambos oriundos de empresas privadas) mostra continuidade do fortalecimento do mercado de capitais. O Brasil vive hoje um momento espetacular do mercado e não haveria melhores indicações.” Ele admitiu que “incomodou” a veiculação de notícias sobre uma eventual ligação entre a Bolsa e o regulador do mercado de capitais.

Os novos executivos da CVM terão papel crucial na discussão sobre a quebra do monopólio da BM&FBovespa no País e a permissão à entrada de novas concorrentes.