Balança comercial tem superávit de US$ 7,7 bilhões em maio

O valor é 19,1% superior ao alcançado em igual período de 2016, (6,433 bilhões de dólares).

A balança comercial brasileira registrou um superávit de 7,661 bilhões de dólares (24,743 bilhões de reais) em maio, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O valor é 19,1% superior ao alcançado em igual período de 2016, (6,433 bilhões de dólares).

O superávit no mês é resultado de 19,792 bilhões de dólares (63,925 bilhões de reais) em exportações e 12,131 bilhões de dólares (39,181 bilhões de reais) em importações.

Na comparação com maio de 2016, cresceram as exportações de semimanufaturados (16,4%) e básicos (11,6%), enquanto houve queda nos manufaturados (1,2%). As principais altas de semimanufatorados foram nas vendas de ferro/aço (63,7%, para 429 milhões de dólares), açúcar em bruto (46,0%, para 824 milhões de dólares) e ferro fundido (42,1%, para 57 milhões de dólares).

Nos básicos, as maiores altas foram de milho em grão (922,3%, para 53 milhões de dólares), petróleo bruto (94,2%, para 1,1 bilhão de dólares ) e minério de cobre (62,5%, para 224 milhões de dólares).

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, a balança comercial registra superávit de 29,032 bilhões de dólares (93,768 bilhões de reais). O valor é 47,5% superior ao alcançado em igual período de 2016, (19,682 bilhões de dólares), segundo o MDIC.