Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Apple corta bônus de presidente por lucro abaixo do esperado

Vencimentos de Tim Cook somaram 'apenas' 8,75 milhões de dólares; outros executivos também tiveram premiações reduzidas

A Apple informou que os vencimentos de seu presidente, Tim Cook, e de outros altos executivos foram reduzidos em 2016. A decisão foi tomada porque a companhia não alcançou as metas de lucro e faturamento estabelecidas para o ano.

Segundo um documento divulgado nesta sexta-feira, as vendas da Apple somaram 215,6 bilhões de dólares no ano passado, montante 3,7% menor que a meta de 223,6 bilhões de dólares. O ganho operacional, por sua vez, foi de 60 bilhões de dólares, ou 0,5% inferior à meta de 60,3 bilhões de dólares.

Com isso, os executivos da empresa receberam 89,5% dos vencimentos que seriam pagos caso as metas tivessem sido atingidas. Em 2015, os executivos receberam 100%. Tim Cook recebeu, ao todo 8,75 milhões de dólares em 2016, abaixo dos 10,28 milhões de dólares do ano anterior. Outros executivos também embolsaram menos.

No ano passado, a Apple enfrentou queda na receita devido à primeira queda prolongada nas vendas do iPhone registrada pela companhia.