Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após reunião, governadores reclamam de gastos públicos

Por Ricardo Brito

Brasília – Os 23 governadores e quatro vice-governadores que participaram, nesta sexta-feira, de uma reunião com a presidente Dilma e ministros, reclamaram da pressão nos gastos públicos diante de medidas tomadas pelo governo federal, que têm aumentado despesas para os estados e o Distrito Federal.

A título de exemplo, o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos (DEM), citou o aumento salarial para categorias, como a dos professores, e um projeto que discute vincular até 2% da Receita Líquida Estadual para garantir a autonomia financeira e orçamentária das Defensorias Públicas dos Estados. A proposta, já aprovada pelo Senado, está agora na Câmara dos Deputados.

Na avaliação dos governadores, as propostas dificultam o enfrentamento de reveses na economia por causa da crise econômica internacional. “Os governadores têm de estar atentos porque depois têm de pagar a conta e não tem dinheiro”, afirmou Afif Domingos.