Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após quarentena, Palocci pode retomar vida de consultor

Para analistas, resgate político do ex-ministro é difícil, mas não impossível

O ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci terá de cumprir uma quarentena (a lei determina quatro meses no caso de ministros) e depois estará livre para, em tese, retomar as funções de consultor político e econômico. Foi justamente a atividade como consultor que o derrubou. Ele acumulou, no exercício da função, 20 milhões de reais – a maior parte veio nos dois meses que antecederam a posse de Dilma Rousseff. Pressionado, não revelou o nome das companhias que contrataram seus serviços nem os valores movimentados pela sua empresa, a Projeto.

Palocci não tem mais a vaga de deputado, exercido no período de 2006 a 2010. O político não concorreu a nenhum cargo na última eleição, dedicando-se à função de coordenador de campanha eleitoral da então candidata Dilma Rousseff.

Palocci ficou apenas 158 dias no posto, que era considerado o mais importante dentre todos os ministérios. Analistas avaliam que o resgate político de Antonio Palocci é difícil, mas não impossível. Mesmo após o escândalo da quebra do sigilo do caseiro Francenildo Costa, Palocci foi eleito deputado federal em 2006.