Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anatel arrecada R$ 2,5 bi com leilão de 4 lotes do 4G

Por Eduardo Rodrigues e Anne Warth

Brasília – Conforme esperado pelo mercado e pelo governo, as quatro maiores operadoras de telefonia do País – Claro, Vivo, TIM e Oi – levaram as quatro faixas nacionais do 4G leiloado nesta terça-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A Claro e a Vivo investiram mais pesado e venceram as disputas das duas faixas de 2,5 gigahertz (GHz), com maior capacidade, enquanto a TIM e a Oi ficaram com as duas partes do espectro de menor envergadura. No total, o valor arrecadado pela Anatel nesses quatro primeiros lotes de abrangência nacional chegou a R$ 2,565 bilhões. O ágio médio dessa parte principal do leilão foi de 35,69%.

Como também já era previsto, nenhuma empresa apresentou proposta pelo 450 megahertz (MHz) voltado para a internet móvel rural. Por isso, as quatro vencedoras dos lotes nacionais do 4G assumirão as obrigações de universalização desse outro serviço segundo divisão feita pela Anatel.

A partir de agora, a agência reguladora irá leiloar os lotes regionais de 2,5 GHz. São duas faixas para cada área de registro (DDD), que devem ser disputadas pela Sky e pela Sunrise, do megainvestidor húngaro-americado George Soros.