Acordo sobre Cadastro Positivo pode sair em 40 dias

Por Eduardo Cucolo e Fernando Nakagawa

Brasília – O presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), Roque Pellizzaro Junior, disse que a regulamentação do Cadastro Positivo já está “90% encaminhada”. Segundo ele, representantes do setor privado e do governo devem chegar a um acordo em até 40 dias. Pellizzaro participou, nesta terça-feira, de reunião sobre o assunto no Ministério da Fazenda, com representantes dos bancos, do varejo e das centrais de crédito.

O superintendente da Associação Comercial de São Paulo, Marcel Solimeo, elogiou a minuta apresentada para a regulamentação do Cadastro Positivo e comentou que a proposta está “bem flexível e bem encaminhada”. Segundo ele, são poucos os pontos de discórdia entre o governo, as instituições financeiras, entidades que representam o comércio e as empresas de avaliação de crédito. O encontro foi coordenado pelo secretário-executivo adjunto do ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira.

O presidente da CNDL disse acreditar também que os bancos privados sigam as instituições públicas na política de redução dos juros. A CNDL lançará uma campanha para incentivar consumidores a renegociar suas dívidas, aproveitando o atual momento de concorrência entre os bancos.