61 milhões estão com o nome sujo, maior número desde 2012

É o maior número de consumidores com nome sujo desde o início do Indicador Serasa, em 2012

O número de consumidores inadimplentes não para de crescer no Brasil. Até o fim do mês de maio, 61 milhões de brasileiros estavam com o nome negativado. Esse é o maior número da série histórica, que teve início em 2012, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor.

No mesmo período do ano passado, 59,5 milhões de pessoas estavam com o nome sujo por falta de pagamento. Somente no mês de maio deste ano, cerca de 900 mil consumidores entraram na lista negra do comércio. A recessão econômica foi um dos fatores que contribuíram para o resultado, segundo economistas do Serasa.

O desemprego é outro fator que colaborou com o número de calotes. O último dado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que 13,8 milhões de pessoas estão desempregadas no país.

Os trabalhadores com o nome sujo devem cerca de 274,6 bilhões de reais. Isso dá um débito médio de 4 mil reais por inadimplente. Dívidas com bancos ou com cartões das instituições financeiras representam 30% do valor total, outros 13,7% são dívidas no varejo, serviços básicos representam 10,1% das contas a pagar.

Serasa Score

Para monitorar o próprio relacionamento com o mercado, os consumidores podem utilizar o Serasa Score para ter acesso a pontuação que avalia o risco de inadimplência e vai de 0 a 1000.

“Cada pessoa é pontuada de acordo com a análise de uma série de fatores, como pagamentos de contas em dia, histórico de dívidas negativadas, relacionamento financeiro com empresas e dados cadastrais atualizados. Quanto mais baixo o score, maiores são as chances de o cidadão não honrar seus compromissos financeiros nos próximos 12 meses ou ter acesso facilitado ao crédito”, informou a empresa em comunicado.

O site também possibilita um controle maior do“currículo financeiro”, acompanhando o que o mercado está vendo sobre você. “Entender sua pontuação e o impacto que ela pode causar em seus objetivos de consumo contribuem para a organização de suas finanças”, afirmou a diretora do SerasaConsumidor, Carolina Aragao.

O Serasa disponibiliza outra ferramenta para que o consumidor possa verificar se está negativado, o Serasa Consumidor. Já o serviço Limpa Nome Online permite que o internauta veja a proposta do credor para a dívida atrasada.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. 30 anos de democracia comunista…

    Curtir

  2. Severino de Araújo Ferreira

    Este número é coerente com os quase 15 milhões de desempregados. Se cada desempregado tem uma família de 4 pessoas, inclusive ele, isto soma cerca de 60 milhões de endividados. Veja que os 40 milhões retirados da pobreza pelos governos Lula e Dilma, carro chefe dos governos petistas, desapareceram e a ele somaram se mais vinte milhões. Este é um maldito legado que irá para a história.

    Curtir