Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ONU cria rede social para discutir temas da Rio+20

Plataforma digital funcionará como fórum e poderá reunir 400.000 pessoas ao redor do mundo. Melhores recomendações serão levadas para a conferência

A Organização das Nações Unidas (ONU), em parceria com o governo brasileiro, vai lançar na próxima segunda-feira (16) uma espécie de rede social para discutir desenvolvimento sustentável. As melhores propostas serão levadas à Rio+20, conferência da ONU que ocorre em junho, no Rio de Janeiro. A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo negociador chefe do governo brasileiro na Rio+20, o embaixador André Correa do Lago, em encontro com jornalistas em São Paulo.

A plataforma eletrônica reunirá, inicialmente, 27 universidades (nove brasileiras, nove em países desenvolvidos e nove em países em desenvolvimento), com capacidade para 400.000 pessoas. A nova plataforma, chamada Rio +20 Dialogues (Diálogos da Rio +20), é uma estratégia da ONU para chamar a atenção para dez temas principais do desenvolvimento sustentável, como oceanos, energia, água e nutrição. Quem quiser participar, deve pedir um convite na página inicial do serviço.

De acordo com Corrêa do Lago, o fórum eletrônico vai eleger três recomendações para cada um dos temas a partir de maio. “As recomendações mais votadas serão a base para a discussão entre representantes da sociedade durante a Rio +20”, diz. Em seguida, as questões serão encaminhadas para os chefes de estado, nos três dias finais da conferência.

A nova rede está disponível em inglês e deve ser traduzida, até o dia 16, para espanhol, francês e português. “Tudo o que for discutido dentro do fórum será traduzido para 40 línguas”, explica o embaixador brasileiro.”Estamos tentando usar a tecnologia para fazer com que a discussão sobre a Rio +20 chegue aos lugares mais distantes do planeta”, diz Corrêa do Lago. “E esperamos que o exercício tenha continuidade após a conferência”.

Brasil recebe 40 diplomatas – Correa do Lago também informou hoje que o governo brasileiro vai receber nas próximas quinta e sexta-feira (12 e 13), no Rio de Janeiro, 40 diplomatas de países que participarão da Rio +20. O encontro ocorrerá a portas fechadas no Palácio do Itamaraty, na capital fluminense. De acordo com o embaixador, o Brasil quer intensificar sua atuação como país anfitrião da Rio+20. “Queremos entender os principais impasses nas negociações que antecedem a conferência.”