Nissan e universidade suíça desenvolvem carro que lê pensamentos

No futuro, pensar em virar à esquerda pode deixar de ser apenas um pensamento. A montadora japonesa Nissan e uma universidade suíça estão desenvolvendo um carro que escaneia os pensamentos do motorista e prepara o próximo movimento.

“A ideia é unir as inteligências do motorista e do veículo, de tal forma que não haja conflito entre elas, o que leva a um ambiente automobilístico mais seguro”, explicou Jose del R. Millan, professor da universidade tecnológica suíça EPFL, que chefia o projeto.

O esquema é baseado na “medida da atividade cerebral, nos padrões de movimento dos olhos, e no escaneamento do ambiente em torno do carro, em conjunção com os sensores do veículo”, para prever o próximo movimento do motorista.

O carro se prepara, então, para a manobra, desacelerando ou se movendo sutilmente para a esquerda ou direita.

Segundo a EPFL, a pesquisa irá levar quatro anos, e, ao fim desse período, a universidade espera ter um protótipo disponível.