Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nasa fotografa face oculta da Lua em passagem pela Terra

A imagem revela o lado do satélite que não pode ser observado da superfície terrestre. A foto foi feita pela câmera Epic, do satélite DSCOVR, a 1,6 milhão de quilômetros da Terra

O lado oculto da Lua, jamais visto por quem está na superfície terrestre, foi captado pela Nasa totalmente iluminado pelo Sol. A série de imagens, divulgada na quarta-feira (5), revela os detalhes do satélite em uma passagem pela Terra, em 16 de julho, em um intervalo de quase quatro horas.

A fotografia foi feita pela câmera Epic (Earth Polychromatic Imaging Camera) a bordo do satélite DSCOVR (Deep Space Climate Observatory), que orbita o planeta a 1,6 milhão de quilômetros. A Lua está a 384 400 quilômetros da superfície terrestre. As imagens foram feitas enquanto a Lua se move do Oceano Pacífico em direção à América do Norte. O polo Norte está localizado no canto direito da imagem.

Leia também:

Astrônomos captam ‘bolha fantasma’ no espaço

Como a Lua surgiu? Novo estudo pode acabar com o mistério

O ‘lado negro’ – A face oculta da Lua foi vista pela primeira vez em 1959, pela nave soviética Luna 3 e, desde então, tem sido documentada pela Nasa. Quem está sobre a superfície terrestre não consegue observá-la porque o período de rotação da Lua está em sincronia com seu período orbital, ou seja, o tempo que leva parar girar sobre si mesma (rotação) é igual ao que leva para girar ao redor da Terra (translação).

As imagens divulgadas pela Nasa são resultado de uma composição de três fotografias com diferentes filtros, que vão do ultravioleta ao infravermelho, e revelam em detalhes diferentes aspectos do espaço, como a cor “natural” do satélite e da Terra.

“É supreendente o quanto a Terra é mais brilhante que a Lua. Nossa planeta é um objeto verdadeiramente brilhante no espaço escuro em comparação à superfície lunar”, afirmou o astrônomo Adam Szabo, da missão DSCVR, no comunicado da Nasa que revelou as imagens.

Confira a montagem divulgada pela Nasa:

Câmera a bordo do satélite Discovr da Nasa registra a passagem da lua em frente à Terra

(Da redação)