Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marte atinge ponto mais perto da Terra em 11 anos nesta segunda

O planeta ficará a aproximadamente 75.3 milhões de quilômetros da Terra

Nesta segunda-feira (30), Marte vai atingir o ponto mais próximo da Terra em 11 anos, aparecendo no céu como uma estrela vermelha brilhante. O planeta vermelho entrou em oposição com o Sol no dia 21 de março e agora o fenômeno atinge seu ápice. Marte ficará a aproximadamente 75.3 milhões de quilômetros do nosso planeta. “Mesmo que a oposição tenha ocorrido na semana passada, as órbitas elípticas (não circulares) e o fato de que a órbita de cada planeta está em um plano diferente fazem com que o momento de maior aproximação entre Marte e Terra seja nesta madrugada (entre segunda e terça-feira (31)”, afirma Daniel Mello, astrônomo do Observatório do Valongo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Leia também:
Prepare-se para ver Marte – o mais perto possível da Terra
Telescópio Hubble captura incrível imagem de Marte

Observação – Para conseguir acompanhar o evento, os entusiastas e astrônomos devem olhar para o céu à meia-noite. “As pessoas devem buscar um ponto vermelho. O ideal é observar o espetáculo por volta da meia noite, quando já não teremos tantas interferências atmosféricas que comprometam a observação. A melhor visualização é feita com telescópios e em locais mais afastados, como campos e litorais. Mesmo assim, por ser bastante brilhante, Marte vai poder ser observado em grandes cidades a olho nu – claro, se as condições forem favoráveis: céu limpo, sem nuvens ou chuva”, explica Mello.

De acordo com a Nasa, mesmo que a aproximação entre Terra e Marte ocorra uma vez a cada 2 anos, a distância que eles atingem um do outro pode variar graças às diferentes órbitas dos dois planetas. Em 2003, foi o ano que Marte chegou mais perto da Terra em 60.000 anos: os planetas chegaram a ficar separados por ‘apenas’ 55,6 milhões de quilômetros (em parâmetros astronômicos, essa distância é relativamente pequena). A próxima vez que Marte “visitará” a Terra será em 31 de julho de 2018.