Macaco obeso tailandês é resgatado e submetido a dieta

“Tio Gordo”, como foi apelidado pelos moradores locais, está três vezes acima do peso ideal. Ele era alimentado por turistas com comidas industrializadas

Um macaco com obesidade mórbida que foi resgatado em abril, na cidade de Bangcoc, na Tailândia, agora passa por uma dieta restrita para conseguir perder peso e retornar à vida selvagem. As autoridades tailandesas decidiram ir atrás de “Tio Gordo” (“Uncle Fat”, em inglês), apelido que o primata recebeu dos moradores locais, porque, em vez de pesar nove quilos como os outros de sua espécie, o animal estava com 26 quilos – quase três vezes o valor de seu peso ideal. O macaco ganhou peso quando começou a ser alimentado regularmente com comidas industrializadas oferecidas por turistas que visitavam a cidade, incluindo refrigerantes.

O acúmulo de gordura na barriga do macaco levou à formação de um tipo de tumor benigno. Para fazer com que ele desapareça, a dieta à qual Tio Gordo está sendo submetido se resume a duas porções diárias de 400 gramas de frutas, verduras e proteínas magras. As autoridades esperam poder devolvê-lo à natureza dentro de poucos meses. Os responsáveis pelo resgate contam que, no momento em que foram pegá-lo, perceberam que o primata era o líder de seu grupo e, mesmo com sua dificuldade de locomoção, continuava a comer graças a outros macacos levavam o alimento até ele. Assim como Tio Gordo, os outros membros do bando também compartilhavam do mesmo hábito de ingerir comidas pouco saudáveis.

Macacos obesos

Animais selvagens, principalmente macacos, costumam circular livremente em algumas partes da Tailândia, atraindo turistas que brincam e oferecem comidas. Tio Gordo, que acabou comendo mais desses alimentos industrializados do que deveria, está agora em uma condição crítica por causa da doença e do risco de outras complicações que ela pode trazer, como problemas no coração e diabetes.

As autoridades acreditam que o macaco tenha entre 10 e 15 anos. Para impedir que outros casos como o de Tio Gordo aconteçam, as autoridades tailandesas pedem que os turistas não alimentem animais selvagens, uma vez que a obesidade é um problema causado exclusivamente pelo ser humano e, portanto, evitável.