Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jipe robô Curiosity reproduz voz humana em Marte

Fotos em alta resolução do planeta vermelho começaram a ser enviadas

A voz de um ser humano soou pela primeira vez em Marte nesta segunda-feira. O som, embora não tenha sido consequência de uma presença humana física no planeta vermelho, representou um marco na missão do jipe robô Curiosity, que está há 20 dias em solo marciano.

“Olá. Sou Charlie Bolden, administrador da Nasa, falando com você através da função de transmissão do explorador Curiosity, que agora está na superfície de Marte”, foram as primeiras palavras escutadas nas instalações da agência espacial americana após serem transmitidas ao robô e retransmitidas à Terra.

Leia mais:

Curiosity tem pouso perfeito e inicia busca por vida em Marte

Curiosity é sequestrado em atualização de ‘Angry Birds’

Nasa vai enviar nova missão a Marte em 2016

“Desde o início dos tempos, a curiosidade da humanidade nos levou a buscar constantemente algo novo. Novas opções de vida além do horizonte. Quero felicitar os homens e mulheres de nossa família da Nasa, assim como nossos parceiros comerciais e governamentais de todo o mundo por ter dado mais um passo em Marte”, prosseguiu a mensagem, que ainda explicou que a Nasa espera obter informações importantes através da análise da cratera Gale, que será fundamental para saber se Marte foi ou será apto a abrigar vida.

“O Curiosity trará benefícios à Terra e inspirará uma nova geração de cientistas e exploradores, enquanto se prepara o caminho para uma missão humana em um futuro não muito distante”, disse Bolden na gravação. “Com a presença desta voz, se dá outro pequeno passo à presença humana além da Terra, e a experiência de explorar mundos remotos se põe um pouco mais próxima de todos nós”, disse Dave Lavery, diretor do programa Curiosity da Nasa.

Fotos – O jipe robô também começou a enviar imagens em alta resolução da superfície marciana. As mais recentes fotos obtidas com as teleobjetivas do Curiosity mostram cenas de encostas erosionadas, com camadas geológicas claramente expostas, com uma resolução e nitidez muito mais elevadas que as anteriores.

As centenas de fotografias – em preto e branco e em cores – enviadas pela sonda que poucou em marte em 6 de agosto proporcionaram a visão mais nítida de Marte vista em nosso planeta até hoje.

Mais fotos: Curiosity, a busca por vida em Marte

Confira o vídeo com o áudio da mensagem (em inglês):

(Com agência EFE)