Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Japoneses criam fórmula para prever sucesso de filmes

Estudo mostra como cientistas japoneses conseguiram prever que alguns campeões de bilheteria iriam fazer sucesso antes de serem lançados

Cientistas japoneses desenvolveram uma fórmula matemática capaz de prever o sucesso de um filme antes mesmo de seu lançamento. A explicação sobre o modelo foi publicada nesta sexta-feira no periódico New Journal of Physics.

Os autores, provenientes da Universidade Tottori (Japão), inicialmente queriam verificar como a discussão sobre filmes de sucesso se espalha nas redes sociais. Ao comparar esses dados com a receita que os filmes arrecadaram na bilheteria, eles perceberam uma grande semelhança entre a previsão e o faturamento real.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: The ‘hit’ phenomenon: a mathematical model of human dynamics interactions as a stochastic process

Onde foi divulgada: revista New Journal of Physics

Quem fez: Barak Akira Ishii, Hisashi Arakaki, Naoya Matsuda, Sanae Umemura, Tamiko Urushidani, Naoya Yamagata e Narihiko Yoshida

Instituição: Universidade Tottori (Japão)

Dados de amostragem: investimentos em publicidade e postagens de blogs de filmes exibidos em cinemas do Japão

Resultado: As previsões de sucesso feitas como base em modelos matemáticos foram comparadas com a arrecadação em bilheteria dos filmes estudados

Para fazer os cálculos, os autores usaram o orçamento diário gasto em publicidade de 25 filmes exibidos nos cinemas do Japão. Eles compararam essa informação com a comunicação direta e indireta sobre os filmes, que foi medida através da contagem diária de posts em blogs.

“Se uma pessoa está lendo e comentando o blog de um amigo, nós consideramos isso como uma comunicação direta. Se uma pessoa se depara com um blog entre várias páginas e links, nós consideramos um caso de comunicação indireta”, explica o coordenador do estudo, professor Akira Ishii.

O estudo coletou informações entre os 60 dias que antecediam o lançamento do filme e os 100 dias seguintes. Os autores partiram do princípio de que a comunicação boca-a-boca, direta ou indireta, e os gastos publicitários influenciam fortemente a decisão de uma pessoa sobre assistir ou não determinado filme.

Com esses modelos, eles conseguiram prever a popularidade de filmes como O Código Da Vinci, Homem Aranha 3, Piratas do Caribe: No Fim do Mundo, Transformers e Avatar. A previsão foi confirmada ao comparar os dados prévios com as receitas arrecadadas em bilheteria.

Ishii acredita que os modelos desenvolvidos por sua equipe podem ajudar uma empresa a tomar decisões sobre o investimento em publicidade. “Eu acho que o nosso modelo é bastante genérico e vai funcionar também em outros países”, explicou o físico, acrescentando que espera comercializar a fórmula.

A equipe espera aplicar seu modelo em outros mercados comerciais, como de música online, fast food, refrigerantes e organização de eventos.

(Com Agência France-Presse)