Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estudo mostra que falta de sono pode causar danos cerebrais

Pesquisadores suecos indicam que noites mal dormidas levam ao aumento de duas moléculas associadas a lesões no cérebro

Um estudo de cientistas da Universidade de Uppsala, na Suécia, divulgado nesta terça-feira no periódico Sleep, indica que uma noite de sono mal dormida pode causar danos cerebrais. Os pesquisadores dividiram quinze homens jovens e de boa saúde em dois grupos: uma parte dormiu oito horas, outra parte menos tempo. Entre aqueles que não descansaram o mínimo recomendado, foi constatado um aumento de cerca de 20% de duas moléculas presentes no cérebro, a enolase neurônio-específica e a proteína S-100B. O número dessas moléculas aumentam no sangue sempre que ocorrem lesões cerebrais.

Leia também:

Dormir mais aos finais de semana não compensa o sono perdido nos outros dias

Dormir mal aumenta o consumo de alimentos calóricos

Dormir pouco – ou muito – aumenta a chance de desenvolver doenças do coração

“A falta de sono pode promover processos de neurodegeneração, enquanto uma boa noite de sono poder ter uma grande importância para a manutenção da saúde do cérebro”, afirmou Christian Benedict, autor da pesquisa.

O estudo segue a linha de outra pesquisa publicada recentemente na revista Science, feita por especialistas da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos. Os pesquisadores da instituição concluíram que o sono acelera a limpeza de toxinas do cérebro, entre elas a beta-amilóide que, cumulativamente, provoca Mal de Alzheimer.

(Com informações da AFP)