Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cientistas encontram múmia de mil anos dentro de estátua de Buda

Os restos seriam de um monge que viveu no século XI ou XII

Cientistas encontraram restos mumificados de um monge dentro de uma estátua de Buda que data do século XI ou XII. A descoberta foi feita quando o objeto passou por uma tomografia no museu Drents, na Holanda.

O holandês Erik Brujin, especialista em budismo, liderou o estudo do material e determinou que os restos são de um mestre budista chamado Liuquan, que pertenceu à Escola Chinesa de Meditação e viveu por volta do ano 1100.

Antes da tomografia, os cientistas do Drents sabiam que havia um corpo dentro da estátua, mas o procedimento revelou que os órgãos de Liuquan foram retirados e substituídos por pedaços de papel com escritos em chinês. Além dessa descoberta, foi possível retirar DNA da múmia para a realização de testes. Alguns budistas acreditam que o mestre Liuquan não está morto, mas em um estado avançado de meditação.

O Buda em questão ficará exposto no Museu de História da Natural da Hungria até maio.