Capitais brasileiras podem ter as madrugadas mais frias do ano

Nesta quarta-feira, Brasília e Belo Horizonte devem amanhecer com 9ºC. Temperaturas em São Paulo e outras capitais também podem cair

Três capitais brasileiras devem ter as madrugadas mais frias do ano nesta quarta-feira. Segundo a empresa de meteorologia Climatempo, a previsão é que os termômetros em Brasília e Belo Horizonte marquem 9°C e, em Goiânia a temperatura seja de 12°C. Números ainda menores, e eventuais recordes anuais, podem ser atingidos em São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Salvador e Aracaju.

O frio intenso que marca o início deste inverno é resultado de uma massa polar que está sobre o oceano e vem provocando a redução das temperaturas do país desde o início de julho, principalmente nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul. A circulação desses ventos frios e úmidos vindos do Atlântico é o responsável pelas baixas temperaturas registradas, segundo o meteorologista Franco Nadal Junqueira Villela, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

No Rio de Janeiro, a mínima para esta quarta-feira deve ser de 11ºC e, em São Paulo, as temperaturas devem ficar entre 9ºC e 19ºC. Vitória deve registrar mínima de 17ºC; Salvador, de 21ºC; e Aracaju, de 22ºC.

Na Serra da Mantiqueira, onde fica a cidade de Campos do Jordão, pode haver geada na madrugada desta quarta-feira. No Estado de São Paulo deve predominar céu claro ou com pouca nebulosidade, com névoa úmida durante a madrugada até a quinta-feira.

Temperaturas baixas

A tarde desta segunda-feira foi considerada a mais fria do ano na cidade de São Paulo, segundo dados do Inmet. A capital paulistana atingiu máxima de apenas 15,8°C, superando o recorde anterior de 16,1°C, registrado em 28 de abril. A mínima, por sua vez, foi de 10,5°C, a segunda menor temperatura do ano, atrás apenas dos 8,9°C marcados em 11 de junho.

Segundo Josélia Pegorim, meteorologista do Climatempo, a menor temperatura do ano foi registrada em 26 de junho, em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, quando os termômetros marcaram 5,7ºC negativos, de acordo com medições do Inmet e do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia (CIRAM) da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI).

A expectativa é que as temperaturas aumentem gradualmente a partir desta quarta-feira, segundo o Climatempo. Contudo, novas ondas de frio devem chegar ao país na segunda quinzena de julho eno  início de agosto.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. FAMILIA LINUX

    E ainda tem anta que acredita na farsa do aquecimento global.

    Curtir