Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Austrália leva Japão à Corte de Haia por caça às baleias

Governo australiano denuncia baleeiros japoneses por descumprir tratado

O governo australiano anunciou que apresentará nesta segunda-feira sua alegação por escrito à Corte Internacional de Justiça (CIJ), com sede em Haia, para deter a caça às baleias na Antártida por parte do Japão.

A Austrália considera que o Japão viola a Convenção Internacional de Regulação da Caça de Baleias que estabelece “uma cota zero” na captura destes cetáceos com fins comerciais. O conteúdo da argumentação será mantido em segredo até que o tribunal ordene sua divulgação pública, previsivelmente quando tiver início a fase oral do processo.

O Japão mata centenas de baleias por ano aproveitando uma brecha no acordo internacional de 1986, que, apesar de proibir a caça comercial, permite a prática para fins de pesquisa. Desde aquele ano, quase 40.000 baleias foram caçadas no mundo por países que não aceitam a proibição, sob o pretexto da caça científica ou tradicional.

(com EFE)