Astrônomos divulgam o mais completo mapa 3D do universo

Pesquisa foi feita durante 10 anos e mapeou mais de 43.000 galáxias

Mapear o universo e o sem número de galáxias que existe nele pode ser um trabalho entediante, mas um projeto de uma década misturando pesquisas do céu e dolorosas análises produziu o mapa tridimensional mais detalhado do universo visível. Alcançando uma distância de 380 milhões de anos-luz a partir do Sistema Solar, a 2MASS Reshift Survey (2MRS) foi apresentada nesta quinta-feira no 218º encontro da Sociedade Americana de Astronomia em Boston, nos Estados Unidos.

Veja a imagem em tamanho completo

O projeto mapeou mais de 43.000 galáxias usando uma pesquisa espacial chamada 2MASS, que rastreou o céu em três comprimentos de onda quase infravermelhas. Com esses dados, os cientistas precisavam calcular a distância das galáxias a partir da Terra e entre elas para dar a terceira dimensão ao mapa. Depois disso, a pesquisa começou a medir o desvio para o vermelho das galáxias, uma a uma, usando dois telescópios, um nos EUA e o outro no Chile.

Desvio para o vermelho é o termo que se dá para a luz vinda de uma galáxia que ‘se estica’ em comprimentos de onda maiores, tendendo à região vermelha do espectro visível, à medida que o universo se expande. Quanto mais longe uma galáxia está da Terra, maior é o desvio para o vermelho. Analisando essas variações no comprimento de onda da luz, a 2MRS conseguiu precisar a terceira dimensão gerando o mapa visto acima.

A pesquisa também conseguiu mapear regiões mais próximas da Via Láctea, normalmente obscurecidas pela poeira e gás da nossa galáxia. As ondas quase infravermelhas da 2MRS conseguem penetrar nos ruídos, mostrando melhor como é a vizinhança galáctica da Terra.